2016 / Territorial / Artigo

Território e sociedade pautaram oficinas

Autor(es):

Equipe Brasil 2035

Data da Publicação:30/03/2016

Dimensão: Territorial
Tipo: Artigo
Encontros reuniram 70 especialistas, representando cerca de 30 instituições

As dimensões Social e Territorial foram abordadas em duas oficinas do projeto Brasil 2035. No dia 29 de março, no Ipea, 30 especialistas de cerca de 20 instituições (Fiocruz, MDS, UNB, Ipea, CGEE, ASSECOR, BNDES, entre outras) identificaram tendências e incertezas em temas como saúde, infraestrutura urbana, educação e demografia.

Ao todo, os grupos de trabalho relacionaram 10 tendências, oito incertezas e 10 desafios. Algumas das tendências apontam, na área de saneamento, para uma “demanda crescente por saneamento e aumento dos custos dos recursos hídricos”. Na demográfica populacional, a aposta é na mudança na estrutura etária da população economicamente ativa e aumento da participação feminina e também e de saneamento (e tratamento de resíduos sólidos) e conflitos federativos.

Já as tendências relacionadas à manutenção do processo de urbanização da população brasileira, meio ambiente, desigualdades regionais foram debatidas na no dia 30 de março, na sede da ENAP, em Brasília. Durante a oficina da dimensão territorial, os especialistas identificaram 26 sementes do futuro (oito tendências de peso, nove incertezas e nove desafios), divididas em seis grupos (urbano/cidade; rural/campo; meio ambiente /recursos hídricos; regiões; população; ciência e tecnologia).

Participaram 40 especialistas, representando 21 instituições, como Anatel, Ministério da Defesa, Embrapa, Ministério do Planejamento, UNESP, Empresa de Planejamento e Logística (EPL), UFRJ, Petrobras, Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Previ.

Brasil 2035
O projeto Brasil 2035 tem como objetivo identificar elementos que subsidiem a formulação de estratégias de desenvolvimento para o Brasil tendo 2035 como referência temporal. As informações necessárias para essas escolhas serão fornecidas por cenários exploratórios construídos durante a execução do projeto. Esses cenários considerarão quatro dimensões (social, econômica, territorial e político-institucional).

As diversas etapas do projeto combinarão formas de participação virtual e presencial, como oficinas e questionários online. Nelas, especialistas da academia, da sociedade civil e da administração pública serão consultados sobre as principais questões para o desenvolvimento do país nas próximas décadas.

COMENTÁRIOS

Realização:
Parceiros:
Apoio:



© 2017 Brasil 2100.    Todos os Direitor Reservados.